sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

A minha Juca



-Porque você não é normal?

-Porque sou sua irmã, oras

Na verdade, nós não éramos as mais normais do mundo. Éramos as melhores irmãs do mundo. Os dois anos de diferença, não tinham o efeito pejorativo dos outros irmãos. Era ela que me punha nos eixos, que estava ali sempre, e que me entendia. Assim como se no nosso mundo, não precisássemos de ninguém, que nós duas estávamos bem daquele jeito.

Do jeito que ao viajar, lembrávamos uma da outra, e no fim do dia, o skype era nosso quarto e esconderijo. Que nossos xingamentos eram apenas implicações idiotas por algo não resolvido, mas que afinal, eu nunca conseguia ficar brava com ela por mais de dois minutos.

Que ela era a pessoa que eu mais torcia na minha vida, e que mesmo não gostando, ouvia suas musicas e sabia a letra de cor. E que mesmo não acreditando, eu morro de ciumes.

Que ela é a minha juca, e sempre vai ser, a garota que me faz chorar, me faz rir, me faz querer dizer poucas e boas ,e me ama do jeito que eu sou.



E a garota que eu amo, do jeitinho que ela é, com suas sardas ou seu estilo "eu sou esperta, não preciso de ajuda" mas que no final, eu sempre estou lá para ajudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário