segunda-feira, 11 de abril de 2011

Love you tonight?

E estávamos lá, na mesa de jantar do meu apartamento com meia garrafa de gim, com cigarros e uma franqueza tremenda. A noite passada havia sido desastrosa, nós dois sabíamos disso. Mas minha indiferença a você me olhando fixamente era pior pra você e a minha melhor arma.
Acendi um cigarro e fiquei em silencio. Na verdade ninguém dizia nada a muito tempo, só Ryan Adams dizia algo no IPOD conectado a caixa de som. Eu não ligava pra música, ou pro gim ou pro meu cigarro semi terminado, ou até mesmo pra tv muda que passava um filme b, só me importava com aquele rosto na minha frente, marcado pelo cansaço e a noite não dormida.
Ninguém teve coragem de dormir, afinal um só conseguia pelo calor do corpo do outro, com direito a pijama de flanela e a minha meia listrada. Ele acendeu seu terceiro cigarro, e pronunciou a terceira frase daquele dia :
-Me perdoa
-Não tem o que perdoar, você beijou-a , e não tem problema
Minha voz gélida o fez chorar novamente, e minha vontade era esquecer tudo e o abraçar. Muitas vezes eu fazia isso, por ele, mas não essa noite.
-Eu vou dormir. - e apagando meu cigarro abri a porta de casa
-Você tem certeza disso?
-Tenho, amanhã nos falamos.
Ele só limpou as lágrimas e saiu. Saindo assim da minha mente, porque do meu coração ele nunca sairia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário